24 janeiro 2012

Bagagem

Hoje fiquei reflexiva sobre a capacidade  humana .Pensei no quanto de repente nos enganamos com aparências, estilos, jeitos, e muitas são as vezes que nem nos importamos com pessoas , mesmo estando próximas da gente.
Não faz muito tempo, um lindo rapaz se suicidou com um tiro na cabeça. Passeei  hoje por sua página no facebook (ousei) e observei as mensagens, o carinho, o cuidado de tantas pessoas. Pensei muito, na realidade, o dia todo, sobre isso. Tantas perguntas. Buracos na alma. 


Assim , pensei no quanto precisamos mudar. Sempre. Mudar nossos pensamentos, nossos conceitos. Mudar estilo de vida. Mudar nossas decisões. Devemos seguir em frente, nos aperfeiçoando sempre. Aprender muito.Mas nunca deixarmos nossa essência. 
Desbravarmos. Arrumarmos nossas malas toda vez que acharmos necessário e seguirmos em frente, mesmo que seja pra mudar o rumo. Da situação. Da ocasião. Do momento. da vida.
Malas prontas e caminhar.  As vezes nem se faz necessário olhar para traz. Mas é necessário que nas malas todas estejam os nossos sonhos.A coragem. A fé. 


Ah! uma porção de magia, faz bem.  Mas continuemos em frente. O que não pode acontecer é a desistência dos sonhos. Mas seguir, é pra sempre. Mesmo que seja pra acontecer a transformação, mesmo que seja de nós mesmos.
Devemos ter a coragem para arrumar as malas. Visualizarmos situações novas. Um mundo à nossa frente. Não devemos nos limitar em acharmos que a nossa construção depende tão somente de pessoas ao nosso redor. Ao contrário, devemos nós mesmos começarmos a nossa construção. E que possamos colocar os tijolos, um a um.Durante a construção, poderemos agregar pessoas, situações, decisões, momentos mil, oportunidades. Mas depende tão exclusivamente de nós mesmos.


Devemos ter a sensibilidade também para arrumarmos as malas da maneira correta. Sem nos esquecermos de nada. Encantos, gargalhadas, poesia. Livros! Muito bom lembrarmos dos livros. Com eles, teremos a inquietude no olhar. Seremos sábios.  Aprenderemos falar ,com a escrita. Tudo soará como um poema .


Façamos nossa bagagem logo depois de esvaziarmos nossas gavetas, de lavarmos nossa alma. desistir da vida,jamais.

Nenhum comentário: