12 janeiro 2014


Oficina em Mogi das Cruzes....

(... com uma certa leveza na alma.....)
 Montando a tenda num campinho de futebol...na beirada do córrego que está sendo canalizado....
 ...Garrafas diversas...serão reaproveitadas com os materiais que temos em mãos.
 Maria José e Bia são as primeiras a chegar e vão logo botando as mãos na massa. Claro, que falamos um pouco antes, sobre a importância do reaproveitamento....
 Lu e Marília chegaram  logo depois e  cada uma pode decorar sua garrafa .
 Lu, foi logo dizendo: .." estou com tantos problemas que não consigo fazer nada.Minha cabeça está só confusão. Não dá nem pra imaginar nada, ter ideias " ...mas logo depois, estava aprontando e também  participou, pintando com tinta Spray....  Nunca tinha utilizado a tinta e amou.


 Rimos muito, conversamos, falamos bobagens mil, e no fim, todas nós estávamos com a alma leve. Fez um bem danado.


Marília já tinha ido embora cuidar das crias...e nós, resolvemos fazer uma pose...kkkkkk


E assim ficaram as garrafas...pintadas e com colagem de cisal.









































Todos temos o direito de sonhar... com algo interessante, com a vida  avante, com um mundo melhor. E a gente luta...mesmo que  muitos estejam desanimados, mais pra parar  que pra avançar.
Uma boa prosa  nos deixa leves....eu me sinto assim. Amo conhecer gente. Amo amar gente. 
Quando nos encontramos lá no campinho, me passou várias ideias, muitas delas com o intuito de mudança. Reconstruir tudo pra avançar e tornar a construir. 
Ah! Sonhar traz uma leveza na alma. Assim me senti. 
Ver Lu sorrindo logo depois de dizer que tudo estava ruim em sua vida...me sussurrou problemas mil, mas está tudo bem...eu disse pra ela. vai tudo bem. Tua alma vai ficar leve...e ao lidarmos com as tintas..rimos...eu a vi sorrir...Eita...que tive até vontade de dançar naquele campo árido que só. Mas tinha uma alegria brotando...
Tá no sangue da gente o fator ser feliz. Assim que é. Avançar sempre...com leveza na alma.
Incendeia minha gente linda!

08 janeiro 2014


Explosão

 De alguma maneira a gente tenta ser feliz, ou então, a gente faz o seguinte: resume a vida toda vivida em momentos que se descomplicam.
Um pouco de luz ou até a falta dela...cor demais e sobra de bugigangas...tudo se junta e faz o estilo , que é próprio, sem discussão .
 O carretel que vira mesa, as porungas que enfeitam, os latões  que fazem graça.

 Teto que  despenca mas que  não tira  o encanto. 


 Ajeita daqui e ajeita de lá pra tudo se fazer ordem. Um rebuscar sem ter que explicar.

 E tudo vira uma explosão mágica de idéias mil sem tirar o foco da  luta que nunca desaponta.

 O papel vira a graça quase humana, refletido no espelho .

 E até as folhas dançam nesse espaço sideral, pois tudo aqui transcende.


Esse é o meu lugar...o meu canto...Perfeito. Com quase nada , porém com Tudo que há de bom que se resume em Aconchego que dou o nome de Mocó Preferido.


07 janeiro 2014



Entre cores e escolhas


 E se pensarmos bem veremos que muitos momentos já se foram. Quantas andanças, mas a gente nem se dá conta. O tempo simplesmente passa. A gente fala de amor....escuta o amor ...ama que ama...e do nada há uma explosão que se desfaz ..e o amor ...ah! o amor a gente simplesmente pensa que foi pra não mais voltar. Logo mais descobre que a gente somente sofre pra aprender.....
 E então, a gente descobre que a vida , o tempo todo nos dá presente e um deles, talvez o maior, é começar pelo amanhecer e  tão somente amando a gente mesmo...se amando. O espelho não nos ensina...apenas nos faz ver os reflexos que talvez, de nós mesmos , que temos tantos nós pra desatar.
 E os momentos de amor continuam...um aqui e outro ali.  Alguns com tanto tempo pra nos ouvir e outros com sobra de falta de tempo. As vezes a gente nem quer lembrar de tudo que é andança...outras vezes, Ah! que bom lembrar...e a gente pensa que não vai mais amar...mas a  saudade vem ..saudade de amar outra vez. Entre cores , sonhos e palavras explode novamente a paixão e a gente ama. Simples assim.


 A vida vive falando: Ame mais você. E os  momentos continuam. Nossa! que bom se todos se congelassem.Nunca mais despregar dos nossos olhos e nunca mais desgrudar do coração. Ser feliz longe de quem se ama??? Nunca! Mesmo que seja tão somente por palavras...mesmo que tenha a distância...o importante é simplesmente Amar.
 .....Bem devagarinho e ao mesmo tempo explodindo...continua brotando...brotando e a cada dia, mais intenso...esse amor, que nos surpreende...e quando a gente se junta...quer ficar assim bem mais junto...porque quem se separa sabe dos medos todos, incluindo o de ir embora...e então a gente quer se congelar. Quem sabe impedir o tempo de passar, mas ele corre...e o momento não se congela a não ser lá na alma.
 Ficam as cores porque de repente a gente se dá conta que a vida é como um trem que passa...ele passa...a vida passa...ou até quem sabe , somos de fato, nós que passamos e simplesmente passamos mesmo.... não só pelo tempo, mas pelas pessoas...pela vida.
E o sol, nasce numa estrada nova todo dia. Mesmo que consigamos impedi-lo, nada o detém. Ele simplesmente brilha.  Não se importa com nossas dores. Ele vai brilhar sempre.  Sendo assim, entre cores e escolhas, que façamos a opção por brilharmos .


06 janeiro 2014

Anna Julia

Minha pequena Anna  que não sossega  dia algum. Inquieta. Cheia de ideias fantásticas. Mas parece filha minha que sobrinha. 
Gosta de tudo que gosto. É danada  pra ajudar, ama arte e tem boas mãos. 



E de ter mãos boas, é que enfrenta a cozinha com suas travessuras . Minha filha foi  logo contando que a tarde foi divertida com Anna que de  fato é Anna Julia.
Suas mãozinhas  de dedos longos e finos giraram uma maquininha que Juliana ganhou na infância de uma amiga que foi casada com coreano, que faz raspadinha. 
Bota-se o gelo nela , gira uma maçaneta e assim o gelo fica todo triturado. Numa travessa com groselha, serve-se deliciosas porções dessa mistura gelada, saborosa.




11 anos , minha pequena Anna. Que pena que não estou ai. Mas eu sei que uma porção seria pra mim e riríamos muito com tanto gelo garganta abaixo.


Amo-Te.




04 janeiro 2014

Dias de descanso e passear faz bem!



Verdadeiramente belo.
Lá  ( pras) bandas de Cândido Mota....num lugar pra lá de especial.