14 maio 2012

Afastando a preguiça e botando a cara na rua...

Estive andando pela Vila Madalena hoje a tarde, a fim de visitar atelies , lojas de arte/artesanato. Chuvinha fina o tempo todo e junto do marido,a pé...caminhando pelas ruas, com sombrinhas abertas e dores nos pés com a minha bota velhinha, já quase pedindo outra.

Gostei muito do passeio,embora a maioria dos atelies estavam fechados. Bati o sino no Atelier da Rua e a moça que me atendeu, depois de um tempo, que percebi que era a artista responsável pelo mesmo. Nem me convidou pra entrar, nem imagino porque e foi logo dizendo que mesmo se eu quisesse não teria como ter minhas produções de vasos lá pois está já há algum tempo sem vender nada. Também não imagino o porque desse discurso. Enfim, ruas descendo e ruas subindo, no final das contas me senti bem porque sai um  pouco da rotina e me animei vendo tantas coisas bonitas.
Também fui  na Sutaco, na Rua Boa Vista e me agendei  pra   colocar produções à venda nas lojas  da  Sutaco , em São Paulo. Conversei um bocadinho com a menina que me atendeu,sobre a Mega Artesanal e o tanto de artesãos que são cadastrados nessa  Superintendência, que passa dos 75mil. Visitei as lojas , na Imprensa Oficial do estado,na 15 de Novembro e  na  Estação do Metrô da Vila Madalena. Na volta, pra não subir tudo que já tinha descido, comprei agua pro marido e coca cola pra mim, e com sombrinhas, sacolas e dores nos pés, andamos até a estação de Pinheiros, descendo toda a Natingui, atravessando a Pedroso de Moraes, passando em frente a Secretaria do Meio Ambiente e enfrentando a Marginal Pinheiros. Nossa, como os veículos passam em alta velocidade. A tal ponto que amedronta muito. Pensei naquela mãe e filha que morreram atropeladas por ali e mais medo deu...na estação, tonturas mil, com tanta gente que sobe e desce todas as escadas que  tem por lá.No trem, em pé...num aperto só,enfim,chegamos em Óz.
Pra encerrarmos a maratona toda, marido foi logo pedindo um rabo de galo no primeiro boteco da praça de  Altino,pra esquentar e ter que enfrentar o chuveiro frio e eu, descansei os pés, que já estavam inchados. Mas no Acorda Menina,  digo que valeu muito a pena.A cabeça ao menos, está arejada...pronta pro trampo pesado  logo mais.

Nenhum comentário: