23 setembro 2013

Até Breve.


Foi muito cedo minha querida comadre. Nossa! Nos deu um susto. Foi assim do nada. Simplesmente deitou-se, dormiu e não mais acordou. 
Vai fazer tanta falta. Seu sorrisão era o marco.Quem a conheceu sabe muto bem do que estou falando.
Apegada aos filhos , sempre dizia que eram a sua vida. Gostava de tudo organizado. Nunca faltou com a verdade. Excelente profissional. Mulher dedicada aos dotes caseiros. Cozinhava muito bem. Adorava receber pessoas. Lá no topo do guarda roupa sempre tinha algo pra presentear alguém. Muito carinhosa. Preocupava-se com todos , mesmo com os que estavam distantes.
Ultimamente andava triste.Coração machucado.Coisas de casal. Ninguém botou a colher e talvez fosse bom que tivesse colocado. Quem sabe as tristezas  se acumularam em seu coração e ele decidiu parar .Do que sei é que nada se explica. Ficou a saudade, o vontade de dizer um breve adeus. Mas nada disso nos foi possível. 
Uma coisa é certa: nunca vou te esquecer.Fizeste muito por mim e ficará pra sempre no meu coração. Um dia, acredito , que poderemos nos encontrar e quero te ver linda e feliz, com o eterno sorrisão. Tudo ficará bem por cá, porque nada do que fez será esquecido. 
Inté mais . Saudade de chumbo.




















Nenhum comentário: