25 março 2006



Sala Padre Batista escrito por Rosi Ribeiro



Foi inaugurado no dia 21 desse mês de março, a sala de estudos de cultura afro, no Centro de Cidadania Graciela Flores Piteri, à Rua Ciro dos Anjos, 80 Vila Osasco na cidade de Osasco- sp. Essa sala tem o nome de Padre Batista, homenagem feita a um homem que por muito tempo dedicou-se às causas dos mais pobres ou com vulnerabilidade social. Também foi menino de rua e lutou muito pela causa dos negros.
A sala está completamente grafitada( algo que acontece constantemente nesse local) , em cada canto uma arte com grafite...... tudo de bom!
O grafite foi feito pelo pessoal da unidade mesmo( dou o nome de unidade pelo fato de que esse local faz parte da Secretaria de Assistência e Promoção Social) e não é apenas esse local; na realidade a secretaria tem 14 unidades. Os grafiteiros( Fhero, Dinho, Bob) e seus alunos, fizeram acontecer.!A
No evento tivemos a oportunidade de ver bem de perto a Soninha Francine, que palestrou pela manhã, falando um pouco do que é política. Quero dizer que as crianças e os adolescentes amaram conhecê-la, participaram do papo e alguns ficaram muito interessados em começar fazer parte da política propriamente dita.....
Depois foi a vez da Juliana Bertolucci falar sobre inclusão digital, e o ponto máximo do papo, foi quando ela entrou no assunto orkut.....(algo bem popular) e a galera vibrou!
Pela manhã ainda, pudemos ouvir também o Jota Ribeiro, do Arte na Lata, que falou sobre seu trabalho frente a esse projeto de fazer valer a arte na lata, com muita música e agito total.
Já no período da tarde, pudemos contar com a presença da Vera Lucia da pastoral Afro, que representa a Diocese de Osasco, onde a mesma , além de falar com nossas crianças e adolescentes, também palestrou para os monitores. Depois quem falou um pouco foi a Zélia da coordenadoria de Gênero e Raça , esclarecendo atitudes em relação à cultura afro, representando no ato, a coordenadora Joana Darc.
Para finalizar, tivemos um Show musical com a cantora PAIXÃO, que fez uma brilhante apresentação.
Botou toda galera em pé, num auê espetacular, pelo fato de a mesma ter todo um gingado artístico.
Convém ressaltar que a abertura do evento e toda essa agenda teve o apoio da secretária Ana Paula Rossi , que compareceu e marcou presença deixando sua mensagem.
O encerramento , além da Paixão, foi abrilhantado por algumas crianças da unidade que fez uma singela apresentação teatral falando da condição do negro e de algumas mudanças conquistadas.
A sala Padre Batista está portanto, à partir de então aberta para eventos mil, voltados à cultura afro.....
e é claro que aqui vão acontecer muitos eventos, shows,palestras, bate papos, rodas de conversa....... e isso quer dizer que estamos trabalhando o social de maneira artística e cultural,levando em consideração que pra cada um cabe uma parte....... e a nossa parte está sendo executada de maneira especial e com a precisão necessária para uma melhor inclusão.

Nenhum comentário: