06 janeiro 2014

Anna Julia

Minha pequena Anna  que não sossega  dia algum. Inquieta. Cheia de ideias fantásticas. Mas parece filha minha que sobrinha. 
Gosta de tudo que gosto. É danada  pra ajudar, ama arte e tem boas mãos. 



E de ter mãos boas, é que enfrenta a cozinha com suas travessuras . Minha filha foi  logo contando que a tarde foi divertida com Anna que de  fato é Anna Julia.
Suas mãozinhas  de dedos longos e finos giraram uma maquininha que Juliana ganhou na infância de uma amiga que foi casada com coreano, que faz raspadinha. 
Bota-se o gelo nela , gira uma maçaneta e assim o gelo fica todo triturado. Numa travessa com groselha, serve-se deliciosas porções dessa mistura gelada, saborosa.




11 anos , minha pequena Anna. Que pena que não estou ai. Mas eu sei que uma porção seria pra mim e riríamos muito com tanto gelo garganta abaixo.


Amo-Te.




Um comentário:

Anônimo disse...

Haha muito bom, amei as fotos