16 abril 2006



Visita Especial.

Ana Paula Rossi, secretária de Assistência e Promoção Social de Osasco, visita , junto de uma equipe de trabalho, o projeto Casa Cor da Rua, na cidade de São Paulo.
Para essa visita, Ana Paula convidou: Manoel( que dirige o Albergue e uma assistente social, também do albergue);
Dr. Roberval ( do Caps), psicólogo; Sônia Balbino, chefe de gabinete, Patricia,que está chefiando o Centro de Referência da mulher vítima de violência e que responde também pelo projeto dos moradores de rua. Eu, fiz parte da caravana, até porque já conhecia o projeto da Irmã Ivete, em São Paulo, aliás, sou fã incondicional dos trabalhos da mesma.
Foi, com certeza, uma tarde inesquecível, para todos nós. Participar, conhecer pessoas como a Irmã Ivete, que muito além dos problemas todos, das constantes dificuldades, dos anseios todos que qualquer um tem frente a um trabalho social, que todos sabemos, funciona à longo/longo prazo, é algo importante para o crescimento , tanto profissional, como pessoal.
Digo crescimento pessoal também, porque nem de longe , todos nós sabemos o quanto é difícil lidar com os problemas sociais, agora, quando nos deparamos com alguém que já passou por todos os obstáculos que momentaneamente estamos passando,aí fica tudo mais nítido. Começam abrir caminhos e a esperança de que vamos conseguir, não importa quando, ou a certeza de que estamos indo no caminho certo, o que falta é só paciência para entender o tempo. Isso tudo, presenciamos, nessa tarde. Vimos como a Irmã Ivete falava com a alma, mesmo.
E ainda vimos bem de perto o que dá pra fazer, quando temos certeza do que realmente queremos.

Casa Cor da Rua, localizada no Glicério, funciona como uma loja de grife com tudo que tem direito, porém, com tudo que se reaproveitou.
É, literalmente, o lixo transformado num
verdadeiro luxo, como verdadeira obra de arte.


Eu, em especial, já estive lá várias vezes, desde a época que estava nas ruas de Osasco. Sou apaixonada pelos trabalhos voltados ao reaproveitamento. Acho e considero um verdadeiro encanto, algo mágico mesmo!Um trabalho com moradores de rua.Algo impressionante.

É isso aí, Ana Paula, essa é uma das razões que aposto em você. O município, o estado, enfim, nós , a sociedade, está precisando de governante como você, que acima de qualquer coisa, acredita e aposta no ser humano!
Sendo assim, sou até suspeita em falar que estou onde estou , porque você, enquanto governante, acreditou que para eu sair das ruas, bastava oportunidade!

Milhares de pessoas estão ainda aguardando uma oportunidade, não importa qual seja, mas estão lá, pacientemente ou lutando, aguardando. A Irmã Ivete também está fazendo sua parte, assim, é claro, como outros muitos estão fazendo a sua parte. Eu tenho certeza que um dia poderemos dizer que há como mudar. Eu acredito nisso, senão não teria graça nenhuma estarmos vivos.

Minha amada mãe, diz sempre assim,(isso eu ouço desde criança) " Cada um tem que fazer algo, sabe aquele negócio de fazer a sua parte? Pois é, ninguém deve passar pela vida sem deixar marcas, algo registrado. É para isso que Deus nos fez". Eu acredito e desde que ouvi isso, estou sempre tentando, procurando fazer a minha parte. E fazer bem feito, lógico!
Isso é a magia da vida!

( por Rosi Ribeiro).


Nenhum comentário: